• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Confira no canal MPT TV no youtube a posse do procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Carlos Eduardo de Azevedo Lima na Fundação Casa de José Américo, na capital
  • O procurador Carlos Eduardo de Azevedo Lima tomou posse na tarde desta segunda-feira (2/10), em Brasília (DF), como novo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB). A solenidade de posse dos novos procuradores-chefes das 24 Procuradorias Regionais do Trabalho aconteceu na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), na Capital Federal.
  • O Ministério Público do Trabalho apoia a igualdade para todos
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • Diga não a exploração infantil #ChegaDeTrabalhoInfantil Disque 100
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • NR's em cordel
  • O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) divulgou nessa quarta-feira (4/10) o edital contendo o regulamento regional do Prêmio MPT na Escola 2017, que premiará os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos de escolas participantes do projeto no Estado.
  • O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai oferecer o curso gratuito para capacitar conselheiros tutelares e outras pessoas que integram a rede de proteção à infância em todo o País, as incrições iniciam em outubro
  • MPT abraça Campanha do Novembro Azul

MPT ofertará curso gratuito para conselheiros tutelares

Curso abrirá inscrições em outubro e participantes receberão certificação

 

 

O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai oferecer um curso gratuito para capacitar conselheiros tutelares e outras pessoas que integram a rede de proteção à infância em todo o País.

 

 

 

 

          Segundo a procuradora do Trabalho Edlene Lins Felizardo, o curso será no formato de videoaulas. “É uma nova plataforma de treinamento a distância. O curso foi formatado e pensado pelo MPT, pela Coordinfância e tenta nivelar os conselheiros tutelares do Brasil inteiro. O curso consta de 20 vídeos, com participação de artistas como Malu Mader, lendo cartas de adolescentes, e de pessoas que estão à frente do combate ao trabalho infantil, informando sobre a legislação de forma objetiva e fácil.

             É bem interativo”, explicou.

Ela explicou ainda que, ao final do curso, o participante receberá uma certificação. “Após assistir aos vídeos, os conselheiros vão preencher um questionário para que, posteriormente, sejam certificados”, acrescentou a procuradora.

 

 

Procuradora do Trabalho Edlene Lins Felizardo

 

Lançamento em outubro

Segundo a procuradora Edlene Lins Felizardo, o lançamento oficial do curso em todo o Brasil será realizado no dia 30 de outubro e o término em 30 de novembro. O curso estará disponível para todo o Brasil no endereço: www.ead.mpt.mp.br. O interessado poderá acessar pelo tablet, notebook ou pelo smartphone.

No dia 4 de dezembro, será o encerramento para fazer a certificação do curso”, informou. Ela enfatizou que o curso é voltado não só a conselheiros tutelares, mas a toda rede de proteção à criança e ao adolescente, como integrantes dos CRAS e dos CREAS.

 

“A Coordinfância (Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente) elegeu como uma de suas estratégias fazer parcerias com entidades públicas e privadas que têm o mesmo objetivo de erradicação do trabalho infantil e da proteção do trabalhador adolescente. O MPT quer envolver todos os parceiros e órgãos de defesa da criança”, ressaltou.

Mais informações serão disponibilizadas, a partir da próxima semana, no site http://www.prt13.mpt.mp.br.

 

 

Fonte: Ascom / MPT-PB.

CONTATOS:

ASCOM / MPT-PB – (83) 3612 – 3119

Facebook: @mptpb

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr