• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Confira no canal MPT TV no youtube a posse do procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Carlos Eduardo de Azevedo Lima na Fundação Casa de José Américo, na capital
  • O procurador Carlos Eduardo de Azevedo Lima tomou posse na tarde desta segunda-feira (2/10), em Brasília (DF), como novo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB). A solenidade de posse dos novos procuradores-chefes das 24 Procuradorias Regionais do Trabalho aconteceu na sede da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), na Capital Federal.
  • O Ministério Público do Trabalho apoia a igualdade para todos
  • A campanha “Trabalho Infantil: Se você cala, não para”, do Ministério Público do Trabalho (combate ao trabalho infantil) ganhou 10 prêmios no Prêmio Pernambuco de Propaganda, entre eles, quatro de ‘ouro’ e o troféu de Grand Prix da Publicidade.
  • Diga não a exploração infantil #ChegaDeTrabalhoInfantil Disque 100
  • O Ministério Púbico do Trabalho (MPT) lançou a campanha de conscientização para incentivar a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A campanha foi criada por ocasião do Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência – 21 de setembro, conhecido também como “Dia D” – e é composta por imagens e vídeos para difusão em redes sociais pelas unidades do MPT de todo o país.
  • NR's em cordel
  • O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) divulgou nessa quarta-feira (4/10) o edital contendo o regulamento regional do Prêmio MPT na Escola 2017, que premiará os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos de escolas participantes do projeto no Estado.
  • O Ministério Público do Trabalho (MPT) vai oferecer o curso gratuito para capacitar conselheiros tutelares e outras pessoas que integram a rede de proteção à infância em todo o País, as incrições iniciam em outubro
  • MPT abraça Campanha do Novembro Azul

Por ano - PB perde R$ 1 bilhão com a corrupção

A cada ano, a Paraíba perde pelo menos R$ 1 bilhão com a corrupção. Os desvios de recursos públicos causam prejuízos aos trabalhadores e a toda sociedade, segundo o procurador do Trabalho e coordenador do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB), Cláudio Gadelha.

Segundo ele, este é um dado preocupante, não apenas pela corrupção em si, mas também pelo fato de a Paraíba ser um Estado com recursos escassos. “Não raro estes números são subdimensionados”, destacou.

No Brasil, a corrupção tira anualmente do bolso dos trabalhadores e dos cidadãos em geral cerca de R$ 200 bilhões.

Os dados foram destacados pelo procurador Cláudio Gadelha, na manhã da última segunda-feira, no auditório do Paço Municipal de João Pessoa, onde participou da abertura da 1ª Semana Municipal de Transparência Pública. O evento foi aberto pelo prefeito Luciano Cartaxo e foi encerrado no final da tarde de ontem.

A gestão municipal lembrou no evento que já foi destaque consecutivas vezes em rankings de transparência, obtendo, por exemplo, a nota 9.9 em uma avaliação do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), além da avaliação da Controladoria Geral da União que considerou João Pessoa a cidade mais transparente do País.
 
Reunião do Focco-PB

Integrantes do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB) participaram da primeira reunião da entidade este ano, para discutir as estratégias e ações de 2017 no enfrentamento à corrupção.

Na ocasião, o procurador do Trabalho Cláudio Gadelha foi reeleito coordenador do Focco e ficará na Coordenação por mais este ano.

Reunião da ENCCLA

Ontem, o procurador do Trabalho Cláudio Gadelha estava em Brasília, participando de mais uma  Reunião da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA).

“Trata-se da ação 5 para 2017, que o Plano de Ação Conjunta ou Complementar entre órgãos da ENCCLA no setor da Saúde”, informou o procurador, coordenador do Focco-PB.

 

CONTATOS:

Henriqueta Santiago – Jornalista

Giovana Ferreira - Estagiária

(83) 3612 – 3119 – Ascom / MPT

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • bunner yt ok
  • Portal de Direitos Coletivos
  • nr